sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Ao Longe o Mar




Meu Amigo Está Longe
(Amália Rodrigues)

Nem um poema, nem um verso, nem um canto,
Tudo raso de ausência, tudo liso de espanto
Amiga, noiva, mãe, irmã, amante,
Meu amigo está longe
E a distância é tão grande.

Nem um som, nem um grito, nem um ai
Tudo calado, todos sem mãe nem pai
Amiga noiva mãe irmã amante,
Meu amigo esta longe
E a tristeza é tão grande.

Ai esta magoa, ai este pranto, ai esta dor
Dor do amor sózinho, o amor maior
Amiga noiva mãe irmã amante,
Meu amigo esta longe
E a saudade é tão grande.

...O...

Amália Rodrigues - Meu Amigo Está Longe




NOTA: 

      “Surripiei” a imagem que está em primeiro plano (Jeanette Nolan in Macbeth (1948)) daqui e adaptei-a ao contexto… que me desculpem os mais puristas!


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Além… para lá do horizonte...




Paz
Irreprimível natureza
exacta medida do sem-fim
não atinjas outras distâncias
que existem dentro de mim.

Que os meus outros rostos não sejam
o instável pretexto da minha essência.
Possam meus rios confluir
para o mar duma só consciência.



Quero que suba à minha fronte 
a serenidade desta condição:
harmonia exterior à estátua
que sabe que não tem coração.
                                                          Natália Correia, in "Poemas (1955)"



                                         Rodrigo Leão